Parceiros

Curta-nos no Facebook! - Café com Net

VENDAS DA CERVEJA CORONA CAEM POR CONTA DO CORONAVÍRUS

Fabricantes da Cerveja Corona Extra, a multinacional belga-brasileira,
Anheuser-Busch InBev anunciou na sexta-feira (29/02) a queda nas vendas da cerveja na China e Estados Unidos em até US$ 300 milhões (R$1,341 billhão) por associarem a marca ao coronavírus.

"O impacto da epidemia da Covid-19 em nosso negócio segue avançando", admitiu a companhia, em comunicado com os resultados financeiros.

"Nos dois primeiros meses de 2020, estimamos que a epidemia gerou uma perda de receita de cerca de US$ 285, além de uma perda nos lucros de US$ 170 milhões na China", completa a nota. 

Nos Estados Unidos foi levantado uma pesquisa pela agência de publicidade 5W Public Relations e nesta, 38% dos bebedores de cerveja norte-americanos que foram entrevistados nesta semana disseram que não comprariam a Cerveja Corona "sob nenhuma circustância" no momento.

Vale a pena notar que, entre os consumidores regulares de Corona, apenas 4% disseram que agora se absteriam. No entanto, 14% dos bebedores de Corona admitiram que não comprariam a marca em um local público, descobriram a pesquisa, realizada pela 5W Public Relations. Dezesseis por cento dos bebedores de cerveja pesquisados pela 5W estavam confusos sobre se a cerveja Corona está relacionada ao coronavírus, segundo a agência de publicidade. FONTE: CBS NEWS




Postar um comentário

2 Comentários