Parceiros

8 invenções INCRÍVEIS criadas por BRASILEIROS

O Brasil é um país rico em cultura, fauna e petróleo. Porém, apesar de muitos gringos e dos próprios brasileiros acharem que não somos ricos em ideias e/ou contribuições importantes, seja para a ciência e a sociedade em si, os brasileiros são responsáveis por criações brilhantes que poucos tem conhecimento.

A mais conhecida, por assim dizer, é o avião de Santos Dumont que até hoje é motivo de polêmica pela "reivindicação" dos Estados Unidos que alega ter sido os irmãos Wright quem criara a máquina voadora mais pesada a voar.

Neste artigo separamos 12 das mais incríveis invenções criadas por brasileiros que provavelmente você não tinha conhecimento.

1. Balão
No ano de 1709, o padre Bartolomeu (nascido em Santos, São Paulo. Na era do Brasil colonial), mostrou este projeto para a corte do rei Dom João V de Portugal cinco experiências envolvendo balões de diversos tamanhos, que poderiam voar com o calor do fogo abaixo deles.

Porém sua utilidade foi questionada pelo fato de não poder controlá-los diretamente, após figuras importantes como o próprio Rei e o futuro Papa Inocêncio XII presenciarem os experimentos feitos.

A ideia do padre era criar um tipo de dirigível tripulado que era antes chamado de Passarola, uma alusão aos pássaros, mas até onde sabemos não há nenhum protótipo de fato criado. Anos após apresentar a Passarola ele chegou a ser perseguido pela Inquisição como suspeito de heresia, morrendo após adoecer na Espanha em 1724, aos 38 anos.

2. Urna eletrônica
Hoje utilizada em todos os anos de eleições, as urnas eletrônicas foram criadas no ano de 1989 na cidade de Brusque, Santa Catarina, por Carlos Prudêncio. O projeto só foi realmente ser utilizado em 1996, testado em 57 municípios antes de todo o país adotar o sistema. 

3. Rádio 
Quatorze anos antes do italiano Guglielmo Marconi, outro padre! chamado Roberto Landell de Moura conseguiu transmitir a voz humana por nada mais nada menos que oito quilômetros via ondas de rádio no dia 03 de junho de 1900, entre a Av. Paulista e o Alto de Santana. 

Além de seu invento receber uma patente brasileira, em 1904 Landell de Moura chegou a ser reconhecido pelo Escritório de Patentes dos Estados Unidos da América por 3 invenções diferentes: um telefone sem fio, um transmissor de ondas e um telégrafo sem fio. 

Por falta de investimento do governo brasileiro e problemas com a igreja católica (novamente), o padre foi impedido de continuar seus experimentos que poderiam aperfeiçoar a tecnologia de seus inventos.

4. Câmbio automático
Aqui no Brasil a tendência dos carros é ter o câmbio manual, mas curiosamente sem dois engenheiros brasileiros o câmbio automático não seria possível, pelo menos não da maneira que hoje conhecemos.

Era 1932 quando José Braz Araripe e Fernando Lehly Lemos desenvolveram o sistema de troca de marchas automático por fluído hidráulico. O projeto junto à um protótipo foi vendido para a General Motors, que em 1940 lançou um modelo do carro Oldsmobile com a chamada transmissão "Hydra-Matic", o que era parecido com algum dos veículos automáticos que podemos ver hoje em dia.

5. Identificador de chamadas
O eletrotécnico Nélio José Nicolai, em 1980, criou um aparelho que permitia identificar de onde vinha a ligação. Ele batizou o invento de Bina (sigla para B identifica número de A), que em pouco tempo se espalhou pelo mundo.


6. Máquina de escrever 

O padre João Francisco de Azevedo teve a ideia de adaptar um piano de 24 teclas para que ele pudesse imprimir letras em um papel. Para mudar de linha era preciso pisar no pedal, localizado na parte de baixo do aparelho.

Sem dúvida, a ideia era bastante promissora. Azevedo confiou a sua invenção ao negociante George Napoleon, que dizia ter possíveis interessados em fabricá-la nos Estados Unidos. Nunca mais teve notícias do vendedor, mas alguns anos depois um modelo quase igual foi apresentado em solo americano por Christofer Sholes. Em seguida, a empresa Remington comprou a ideia e passou a fabricá-las em escala comercial.

7. Walkman

O alemão Andreas Pavel, naturalizado brasileiro, que revolucionou o mercado da música substituindo aqueles aparelhos enormes e pesados por um rádio e toca-fitas portátil, que depois foi produzido pela empresa Sony em 1979, o Walkman. 

8. Relógio de pulso
Dumont achava difícil controlar suas invenções voadoras e ver o tempo que passava no ar com os relógios de bolso usados na época, então decidiu pedir ao seu amigo relojoeiro Louis-François Cartier que adaptasse uma pulseira no lugar da corrente no relógio. Rapidamente a invenção tomou conta de todo o mundo e se popularizou.

Gostou das invenções criados no nosso Brasil? ainda tem muito mais que não mencionamos aqui e caso tenha um feedback positivo, iremos trazer uma "parte 2" deste artigo.

COMPARTILHE COM OS AMIGOS!

Postar um comentário

0 Comentários