Parceiros

Curta-nos no Facebook! - Café com Net

5 Dicas para Proteger sua Conexão Wi-Fi e Evitar o Ataque de Hackers

Manter seu Wi-Fi protegido é uma forma de garantir o desempenho da rede e evitar os ataques virtuais. Conheça dicas para deixar suas informações seguras!
Foto/Reprodução: Pexels - freestocks.org

Este artigo foi criado pela equipe Bitdefender para uso exclusivo do blog 'Café com Net'

O Wi-Fi é uma das tecnologias mais vantajosas dos últimos tempos, mas é preciso lembrar que o sistema pode ser vulnerável ao ataque de hackers mal-intencionados. Roubo de dados, arquivos e informações são algumas das principais ações executadas pelos cibercriminosos.

E a conexão pode dar certos indícios ao sofrer uma invasão, como a diminuição da velocidade da internet, impactando na navegação do usuário.

Pensando nisso, criamos um post completo com 5 dicas indispensáveis para você proteger o seu Wi-Fi. Confira:

1. Crie uma senha forte para o Wi-Fi

A maioria das redes que não possui senha de acesso acaba sendo vítima da invasão de intrusos. Dessa forma, o sistema fica aberto para todas as pessoas, inclusive para os infratores, colocando em risco suas contas e informações pessoais.

Então, procure criar uma senha forte e única, utilizando letras maiúsculas e minúsculas, números, símbolos e demais caracteres. Assim, é possível inibir a ação dos cibercriminosos, dificultando o acesso aos seus dispositivos.

2. Descubra quais dispositivos estão conectados à rede

Muitos roteadores oferecem a possibilidade de visualização dos dispositivos conectados ao Wi-Fi. Ao fazer isso você consegue verificar se está de acordo com todos os aparelhos ou se tem algum infiltrado desconhecido.

Cada item possui uma nomenclatura própria, como a lista de endereços MAC, que pode ser encontrada nas configurações do roteador. Confirme o código de cada dispositivo conectado e, caso encontre um suspeito, não hesite em bloquear o usuário infrator.

Foto/Reprodução: Unsplash - William Iven

3. Use um protocolo de segurança confiável


Uma das maneiras de manter seus dados protegidos e longe de ameaças é ativar o protocolo de segurança WPA2 ou WPA3. A versão atualizada foi lançada em meados de 2019, mas já foram detectadas falhas em seu sistema.

O sucessor do WPA2 sofre com algumas vulnerabilidades, podendo facilitar a obtenção de senhas de redes sem fio, ocasionando no roubo de informações e dados pessoais. Mas, a empresa responsável diz ter investido em novas ferramentas para evitar a invasão de hackers.

Então, procure definir o protocolo de segurança WPA2 em sua conexão Wi-Fi, proporcionando uma proteção mais eficiente, pelos menos, por enquanto.

4. Ative o firewall do roteador

Os últimos exemplares de roteadores disponíveis no mercado possuem um firewall. A solução funciona como uma barreira para a sua rede Wi-Fi, impedindo o ataque de cibercriminosos. Portanto, procure sempre manter a ferramenta ativada.

5. Instale um antivírus

Ao instalar programas antimalware em sua máquina você garante a proteção das suas contas e arquivos.

A solução da Bitdefender oferece segurança em todos os processos, preservando seus dados pessoais, incluindo informações bancárias, senhas e transferências. Então, prefira investir em um antivírus de confiança para manter seus dispositivos seguros sempre que utilizar o Wi-Fi, principalmente em redes públicas.


Gostou de saber como proteger sua conexão Wi-Fi de cibercriminosos? Compartilhe com seus amigos!


Postar um comentário

0 Comentários