Parceiros

O Guia COMPLETO do Streaming de Vídeo - Qual assinar?

Cada vez mais, as pessoas se rendem aos serviços de streaming de vídeo por serem cômodos, práticos, econômicos e personalizados. Finalmente, podemos assistir à produções ilimitadas sem precisar pagar ingressos caríssimos nos cinemas. Isso, sem contar com a possiblidade de podermos ver o que quisermos, onde, quando e, principalmente, como quisermos. 

Assim, é claro que todo mundo sabe que a Netflix foi, e continua sendo, a maior plataforma de streaming do mundo, no entanto, já faz um tempinho que ela não está sozinha no mercado. Hoje, as concorrentes têm peso! Para assinar todos os serviços disponíveis no mercado, seria necessário desembolsar mais de 300 reais por mês. Por isso, como poucos têm essa opção, aqui está O Guia Completo do Streaming de Vídeo para ajudar na escolha de qual plataforma usar de acordo com cada necessidade.

O Guia COMPLETO do Streaming de Vídeo


Netflix

Começando pela pioneira, a Netflix chegou ao Brasil em 2011 e apenas dois anos depois já se especializou em fazer conteúdos originais. De todas na lista, sem dúvida, esta plataforma possui o maior e mais diversificado catálogo de conteúdo, entre séries e filmes (são mais de cinco mil produções!!!). Além disso, eles também distribuem produções de fora dos grandes circuitos e de vários países que possivelmente não chegariam em terras brasileiras com grande facilidade. Contudo, exatamente por apresentar um catálogo tão abrangente e rotativo, é muito difícil escolher um título para assistir. Também vale a pena lembrar que quantidade não significa qualidade! Muitas obras disponibilizadas pela Netflix não chegam a agradar ao público e muito menos à crítica especializada.

Hoje, a Netflix está perdendo mais e mais títulos de outras produtoras exatamente porque elas estão criando seus próprios serviços de distribuição de vídeo. Assim, a saída encontrada pela gigante dos streamings foi focar em conteúdos originais. Stranger Things, Birdbox, Orange Is The New Black, Dark, La Casa de Papel e, o vencedor do Oscar, Roma, são apenas alguns dos nomes mais conhecidos.

Por fim, importante ressaltar que, exatamente por estar há mais tempo na ativa, a interface da plataforma é extremamente bem desenvolvida, facilitando a experiência do usuário através do Top 10, categorias de busca super específicas, perfis para cada usuário e da possibilidade de realizar downloads de conteúdo.

A Netflix disponibiliza três planos com preços diferentes. O plano básico é R$21,90/mês (permite o uso de uma tela, qualidade de imagem até HD e um download por aparelho). O plano intermediário custa R$32,90/mês (permite duas telas, imagem em Full HD e dois downloads por aparelho), por fim, o plano premium sai a R$45,90/mês (permite quatro telas, imagens em 4K e quatro downloads por aparelho).

Amazon Prime Video

No Brasil, o serviço de vídeo da Amazon chegou em 2016 e, talvez, seja a maior concorrente da Netflix. Com cerca de três mil títulos, o Prime Video possui um catálogo recheado de filmes aclamados e das séries preferidas do público, como The Office e How I Met Your Mother, Um Maluco no Pedaço, Supernatural e Smallville. Sim, a maioria é de seriados antigos. Com relação à produções novas, os nomes ficam por conta de diversas obras da Disney (enquanto o Disney+ não chega ao Brasil) e muitos conteúdos originais de qualidade como as super premiadas Fleabag e Marvelous Mrs. Maisel. Além disso, a Amazon também está investindo em transmissão simultânea de reality shows, como De Férias com o Ex.

Os problemas do Prime Video estão no layout e na experiência do espectador. Embora o serviço também ofereça a possibilidade de criar vários perfis e uma ferramenta exclusiva muito útil, o Raio-X, que dá absolutamente todas as informações relacionadas a cada cena de todos os conteúdos, essas são as únicas facilidades da plataforma. A área de busca é bem complicada porque volta e meia os títulos aparecem apenas com seus nomes nas linguagens originais e isso faz parecer que o catálogo é menor. Também não é difícil encontrar produções que estão apenas dubladas ou apenas legendadas ou, até, sem legenda em português. Por último, mesmo sendo assinante, o usuário é obrigado a assistir a anúncios!

Porém, todos esses problemas podem ser aliviados pelo preço de apenas R$9,90 por mês para três telas e imagem em 4K. Os clientes da Prime Video também ganham frete grátis em algumas compras pela Amazon, livros e revistas gratuitas.

Globoplay

Nosso serviço BR entrou no ar em 2015, mas apenas agora, está tomando forma. Inicialmente, a plataforma foi criada para distribuir conteúdos da Rede Globo, então, novelas e telejornais eram o carro chefe do catálogo. São apenas 500 títulos, mas, hoje, a empresa está investindo pesado na campanha e trouxe várias séries internacionais famosas: The Good Doctor, The Handmaid's Tale, The Walking Dead, Killing Eve e Modern Family são apenas algumas delas! Também é possível assistir aos programas da Globo ao vivo - isso foi o maior sucesso no período do Big Brother Brasil 20

Como mencionado, grande parte das obras são as novelas e toda semana uma produção clássica é adicionada ao catálogo, desde Caminho das Índias, Avenida Brasil e Malhação a Vale Tudo, Estrela Guia e A Favorita. As séries da emissora não ficaram de fora! Então, para quem sente falta de A Grande Família ou Justiça, este é o streaming ideal. Sobre os filmes: são poucos e boa parte deles, blockbusters ou indicados ao Oscar, mas, às vezes, é possível encontrar algumas pérolas surpreendentes.

A maior questão da Globoplay é o preço: R$21,90 por mês dando acesso a cinco telas. Por mais que não seja muito, é um valor alto para um serviço que ainda está engatinhando, pode travar devido à sobrecarga de usuários e não apresenta uma experiência personalizada com um algoritmo que entende os gostos do assinante. Talvez, em um futuro próximo, o custo-benefício seja melhor.

HBO Go

Finalmente o serviço da HBO está liberado para pessoas que não possuem TV a cabo. A plataforma disponibiliza dois tipos de conteúdo: produções do grupo Warner Media - que incluem os canais TNT, Cartoon Network, Cinemax, Adult Swim, entre outros - e as séries originais da HBO, ou seja, esta é a casa de Game of Thrones, ChernobylBig Little Lies, Westword, WatchmanSex and the City e True Blood! São apenas 700 títulos com uma grande rotatividade de filmes, contudo, a qualidade do catálogo é uma das melhores.

De todas, a HBO Go é a pior no quesito experiência do usuário. Não são todas as TVs Smart que conseguem baixar o aplicativo, o player pode travar bastante e a ferramenta de busca é apenas em ordem alfabética, dificultando muito encontrar alguma produção quando não se tem o nome exato.

O preço é de R$34,90 por mês disponibilizando três telas para o usuário. Salgado! Mas, antes de abandonar completamente a ideia, é importante pensar que a HBO Go transmite séries simultaneamente à TV a cabo. Então, a dica é assinar o serviço durante a temporada de cada série e cancelar depois.

Telecine Play

O Telecine Play é um serviço diferenciado por entender perfeitamente a cabeça de seu usuário: cinéfilos que desejam assistir as melhores produções de todos os tempo ao redor do mundo. Por isso, a plataforma disponibiliza dois mil longas (sim, é um serviço exclusivamente de filmes), entre super lançamentos, filmes blockbusters, clássicos do cinema italiano, obras da Nouvelle Vague francesa, produções brasileiras para todos os gostos, filmes dos mais complexos diretores e muitos outros! Com certeza, é a melhor opção para quem realmente se interessa por cinema.

O layout do Telecine Play é bem intuitivo e não apresenta nenhuma grande novidade, porém, alguns problemas podem ser observados. Às vezes, alguns filmes podem estar corrompidos, o que não permite a reprodução e, o pior, é ter que fazer login quase sempre que acessamos o streaming. Mesmo assim, o serviço consegue entreter o espectador por divulgar várias cinelists que ajudam - muito - a encontrar os melhores títulos. Entre elas estão: 100 filmes para assistir antes de morrer, Mulheres Fazem Cinema, Excelência Preta, Orgulho LGBTQI+ e a coleção continua.

O preço do streaming é um dos mais altos, sendo R$37,90/mês com direito a três telas. Importante: assinante Telecine Play ganha meia entrada nas redes Kinoplex e UCI. Aí a história muda, não é?!

Apple TV+

A novata da lista de fato só chegou ao Brasil este ano focando unicamente em conteúdos originais e já conseguiu 19 indicações ao Emmy de 2020! As produções contam com grandes nomes de Hollywood, como Jennifer Aniston, Tom Hanks, Chris Evans, Reese Whinterspoon, M. Night Shayamalan e outros.

E, caso apareça a pergunta: não é preciso ser cliente da Apple para usar a Apple TV+. Mas, é claro, que a maçã fez alguns agrados aos seu seguidores. Por exemplo: um ano de serviço grátis para quem adquirir um novo produto Apple e um aplicativo exclusivo - quem possui sistemas Android e/ou Windows precisa acessar o streaming pelo navegador do dispositivo.

Exatamente por essa pouca acessibilidade e por estar em seus primeiros passos, a Apple TV+ custa apenas R$9,90 por mês, disponibiliza imagens em 4K e dá seis telas para o usuário.

Disney+ (EM BREVE)

Baby Yoda - The Mandalorian

As pessoas estão contando os dias para que o serviço de vídeo da Disney chegue ao Brasil e, por enquanto, a data está estimada para novembro deste ano! Marvel, Star Wars, Princesas National Geographic são alguns dos nomes que vão aparecer por aqui. A empresa também está investindo em conteúdo original, como o seriado The Mandalorian, que ganhou fama graças ao Baby Yoda.

Se o padrão estadunidense for seguido, será possível baixar as produções para continuar assistindo mesmo depois que sair de cartaz. Por enquanto, não há uma definição do valor, mas, os boatos é que será de R$28,90 por mês.

Outros serviços

FOX Premium, FOX Play, FOX+

Atualmente, a FOX pertence à Disney, mas, enquanto o serviço do ratinho mais conhecido do mundo não chega ao Brasil, a produtora continua com seu streaming de vídeo próprio com seu catálogo de filmes e séries próprias. Em geral, é preciso de uma assinatura da NET para poder usar a plataforma.

MUBI

Mais um streaming exclusivo para cinéfilos. E esse é bem diferente! No MUBI, o cliente tem acesso a trinta filmes por mês que são atualizados quase diariamente. As produções são apenas clássicos cults, independentes e super premiados ao redor do mundo. O serviço custa R$27,90 por mês, com duas telas e download dos conteúdos.

YouTube Premium

As maiores vantagens do YouTube Premium são poder assistir aos vídeos da plataforma sem nenhum tipo de interrupção por anúncios e colocar o aplicativo em segundo plano enquanto utiliza o celular. Ainda com poucos nomes no catálogo - Cobra Kai, derivado de Karatê Kid, é o mais conhecida - o serviço permite o download dos conteúdos e inclui o YouTube Music no valor de R$20,90, com uma tela no plano individual, ou R$31,90, com cinco telas no plano família.

Oldflix

Como o nome já diz, essa é a plataforma para quem gosta de filmes antigos. São 800 obras que não passam da década de 90. O preço é de R$12,90 por mês.

Crunchyroll

A única plataforma para os fãs de anime é a Crunchyroll e ela já realiza um serviço super completo! Além de poder assistir aos animes simultaneamente no Brasil e no Japão, o streaming também tem quase todo o conteúdo dublado e legendado por apenas R$25,00 (levando em consideração a variação do dólar).

Looke

Uma ótima pedida para filmes clássicos e nacionais! No entanto, embora a assinatura esteja entre R$16,90 e R$25,90, dependendo do número de telas, algumas produções ainda precisam ser alugadas por fora, aumentando o preço.

Crackle

Assim como a FOX, a Sony também tem um serviço com seus próprios conteúdos. Por isso, essa é a casa de todas versões de CSI e até Hawaii Five-O. Infelizmente, o streaming funciona apenas para quem possui assinatura de TV a cabo.

Google Play

Embora a Google seja uma das maiores empresas do mundo, ainda está longe de dominar o serviço de vídeo. Sua plataforma funciona basicamente para a compra e aluguel de filmes.

Operadoras

Algumas operadoras de internet e telefone como Vivo, Claro e Oi também oferecem suas plataformas de streaming e várias delas dão acesso a outros serviços que estão nesta lista. Vale a pena consultar o que cada plano inclui antes de criar uma nova assinatura

UFA! 

Depois de todas essas explicações, cabe apenas ao assinante definir qual streaming se encaixa melhor em seus desejos e, principalmente, no bolso! Mas caso ainda exista alguma dúvida sobre qualquer uma dessas plataformas, quase todas permitem um período de testes gratuitos. Assim, é só experimentar, escolher e cair de cabeça no mundo on demand.

Ver perfil completo da Autora: Marcelle Souza


Postar um comentário

1 Comentários

  1. Adoreiiii! Mas eu sou bem suspeita pra falar, pq quem paga é meu pai! Ainda bem que ele é das antigas e assina TV a cabo, que dá direito ao telecine, HBO afins... Valeu pelo help!

    ResponderExcluir