A cantora faleceu hoje aos 73 anos, ela estava em uma casa de repouso onde morava há dois anos, em Santos, litoral de São Paulo. A causa da morte foi insuficiência respiratória.

Vanusa gravando em estúdio. Foto: (Reprodução)

Vanusa teve uma carreira muito bem-sucedida, desde que se juntou à Jovem Guarda, tendo lançado mais de 20 discos e vendendo 3 milhões de cópias. Nos anos 70 ela teve uma fase onde experimentou vários estilos, até mesmo o rock pesado.

Um enfermeiro do local onde a cantora estava há dois anos, percebeu que ela estava sem batimentos cardíacos, por volta das 5h30. Uma unidade do UPA (Unidade de Pronto Atendimento) foi acionada e confirmou que a morte foi por insuficiência respiratória.

A saúde da artista ficou debilitada nos últimos anos, por conta da depressão e problemas causados pelo uso de medicamentos tarja preta em excesso, segundo a família. Um dos seus três filhos, Rafael Vannucci, disse que ela sofria também com um estágio avançado de uma demência parecida com o mal de Alzheimer.

Segundo funcionários da casa de repouso, Vanusa havia recebido uma visita de sua filha mais velha, Amanda, neste sábado (7). No dia ela cantou, brincou, riu e se alimentou bem. A cantora fazia fisioterapia e outros tratamentos na residência para idosos.

Barros Residência para idosos, Santos - SP. Foto/Reprodução: Google Maps/Natalie Souza - 2017

Recentemente, Vanusa ficou entre setembro e outubro internada por causa de um quadro grave de pneumonia.

Carreira

Cantora Vanusa em aparição pública. Foto: Folhapress

Vanusa Santos Flores nasceu em Cruzeiro, interior de São Paulo, mas foi criada em Uberaba, Minas Gerais.

Aos 16 anos ela iniciou sua carreira lá, cantando com o grupo Golden Lions. Após percorrer diversas cidades, acabou sendo levada para a TV Excelsior, estreando na TV, onde fez sucesso com a canção "Pra nunca mais chorar", em 1966.

Ela fez parte do grupo humorístico "Os Adoráveis Trapalhões", com Renato Aragão. Logo depois, participou de algumas edições do programa Jovem Guarda, da Record.

Nos anos 70, fez grande sucesso com "Manhãs de setembro", que escreveu em parceria com Mário Campanha, e em 1972, se casou com Antonio Marcos, cantor que participou na carreira de Vanusa com outras músicas.

No fim dos anos 60, a cantora começou a explorar novos ritmos para a carreira, como o samba ("Quebra Cabeça", "Mercado Modelo"), funk americano, valsa ("Quero Você"). A faixa "What to Do", de 1973, um rock pesado.

A artista gravou 23 discos na carreira, superando 3 milhões de cópias vendidas. Representante do país em vários festivais internacionais, ganhou diversos prêmios.

Que descanse em paz, Vanusa!

Poste um comentário

Previous Post Next Post

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE