High School Musical: The Musical – The Series conta a história de um grupo de estudantes do colégio East High – verdadeira escola onde High School Musical foi gravado –, que têm a vida agitada quando uma nova professora de teatro surge com a ideia de promover uma peça sobre o filme.

Querendo reconquistar sua ex-namorada, o adolescente Richard Bowen (Ricky) – que odeia musicais –, resolve tentar concorrer a uma vaga pelo papel de Troy Bolton para mostrar à Nina Salazar-Roberts (Nini) que se importa com as coisas que ela ama e tentar tirar E.J Caswell – seu mais novo namorado – do jogo.

A série é uma produção da Disney que foi lançada nos Estados Unidos em novembro de 2019 no Disney+, mas só chegou ao Brasil com a plataforma em novembro desse ano.

Então aperte os seus cintos, aproveite a viagem ao novo mundo de High School Musical e depois corra para a plataforma de streaming para cair de amores pela série.



1. Não é um remake do High School Musical Original

O maior medo dos fãs do original HSM era que a dona Disney insistisse em refazer o queridinho do público que cresceu nos anos 2000 e que ficasse bom, mas não foi bem isso o que aconteceu. Pelo fato da série não querer imitar o filme, mas na verdade fazer uma homenagem a ele, ela acabou roubando o coração de todos os fãs.

É claro que vemos um pouco dos personagens originais nos atuais, mas nada muito gritante. Por exemplo: Apesar do Ricky (Interpretado por Joshua Bassett) e da Nini (interpretada por Olivia Rodrigo) serem os protagonistas e nos remeterem automaticamente a Troy e Gabriella, o desenrolar da história nos mostra milhares de diferenças, e isso acontece com todos os personagens.

2. Representatividade

Quem cresceu com a Disney sabe muito bem que questões como homossexualidade nunca foram abordadas de fato pelas produções e HSMTMTS veio para mudar o parâmetro de entretenimento infanto-juvenil com seu enredo. Nela, conseguimos ver claramente personagens fora do padrão hétero-cis-normativo que sempre estamos acostumados em filmes e séries nos projetos da companhia do camundongo, o que fez com que milhares de fãs se sentissem representados.

Também não podemos deixar de fora os personagens negros e latinos, que são Kourtney, Gina e Carlos. Além da cor e da etnia, o público conseguiu enxergar a profundidade de seus sonhos e transformá-los em figuras representativas foi inevitável. É esperado que os três ganhem mais visibilidade na 2° temporada.


3. As músicas

A Disney não poupou esforços na hora de selecionar as músicas para a série e ela acertou em cheio, pois a quantidade de comentários elogiando as canções é enorme. Além de nos trazer uma grande nostalgia com algumas músicas do filme original, a série conta até com canções compostas pelos atores, como por exemplo: "All I Want", escrita por Olivia Rodrigo e "Just For a Moment", dessa vez composta pela mesma atriz e também por Joshua Bassett. Juntas, as duas já atingiram mais de 10 milhões de visualizações no Youtube.


4. O romancezinho adolescente

Quem não gosta de um casalzinho perfeito para shippar, não é mesmo? E HSMTMTS não possui apenas o romance dos protagonistas, como também dos personagens secundários, fazendo com que o público suspire de amores até não poder mais.

Nos primeiros episódios os fãs se dividem entre preferir a Nini com o Ricky ou com o E.J, mas no fim das contas a química entre o primeiro casal é tão grande, que o pobre E.J acaba sobrando.

Também não podemos deixar de citar o segundo casal mais fofo da série: Carlos e Seb (O casal homossexual citado acima), que mal conseguem deixar o público respirar de tanta fofura. Essa dupla faz com que os fãs anseiem por mais cenas em que os dois interagem.

E por último, mas não menos importante: Ashlyn e Big Red. Os dois têm poucas cenas juntos, mas o entrosamento é incrível e deixam o público ansioso para descobrir como o romance vai desenrolar na próxima temporada.


5. Participação especial do elenco original do filme

Quando você acha que a companhia do camundongo não pode te surpreender ainda mais, ela vai e convida a participar da série alguns atores do elenco original, como por exemplo: Kaycee Stroh (que interpretou Martha Cox) e Lucas Grabeel (o queridíssimo Ryan Evans). Kaycee aparece no episódio 6 da primeira temporada, fazendo parte da reunião do conselho estudantil, enquanto Lucas contribui com sua ilustre presença no episódio 8, em meio a uma alucinação da professora de teatro, Miss. Jenn.

Pode apostar que foi surto atrás de surto. 


6. Especial de natal e segunda temporada

Como a dona Disney não é boba e nem nada, ela já confirmou uma segunda temporada para o próximo ano, onde os alunos de teatro do colégio East High encenarão uma peça sobre "A Bela e a Fera" (Spoilers dados pelos próprios atores e postado uma ou duas vezes pelo Instagram da série), além de um especial de natal que estreará na plataforma do Disney+ no dia 11 de dezembro de 2020, que contará com clássicas músicas de natal e o que não poderia faltar: canções inéditas. Se você já era amante dessa época do ano, agora se tonará ainda mais.

E aí? Se interessou?

High School Musical: The Musical – The Series é uma ficção adolescente, mas que também faz muitos adultos se apaixonarem.

Que tal assistir a série e depois voltar aqui nos comentários e me contar o que achou e com quem você shippava a Nini?

6 Comentários

  1. Amei! Ansioso para assistir a série.

    ResponderExcluir
  2. AMEI DEMAIS CARA!! Eu já assisti a série e tbm super recomendo, principalmente para quem ama clichê adolescente pois não teve romance na própria vida(é o meu caso :( )

    ResponderExcluir
  3. Que incrível! Eu amei a escrita, está impecável e me deu uma super vontade de assistir a essa série! Parabéns pelo ótimo artigo 💗🌸

    ResponderExcluir
  4. Eu amei a escrita e já estou morrendo de vontade de assistir a essa série! Parabéns pelo ótimo artigo 💗🌸

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE