Se você é escritor e tem interesse em escrever com confiança na hora de passar as ideias para o papel, precisa conhecer o trabalho da Camila Lima, formada em Letras-Tradução pela Unesp desde 2018, em seu Instagram, @camilarevisa, onde produz conteúdos totalmente voltados a dicas de língua portuguesa para escritores. Tivemos uma conversa interessante sobre escrita literária. 

Qual a importância do Português para os escritores? Café Responde

Camila escolheu esse curso com o objetivo de trabalhar com tradução editorial, mas percebeu, no decorrer da faculdade, que gostava muito de língua portuguesa. Foi então que começou a revisar os livros de uma amiga, Alexia Road e decidiu passar a investir na área, onde hoje realiza a preparação de textos para escritoras independentes. 

Em nossa entrevista, curiosa, questionei se ela sempre foi boa em português, sabia aplicar todas as regras, ou se foi aprendendo ao longo do curso. Camila explicou que sempre foi boa em redação, mas não em gramática. Foi só adulta, quando fez o primeiro cursinho pré-vestibular, que aprendeu gramática básica. 

Ela ainda concluiu dizendo: "O que aprendi naquele ano me ajudou demais durante a faculdade, porque lá presumem que a gente já conheça o básico, mas antes disso eu não era muito atenta às regras e tudo o mais. A faculdade me ajudou a desenvolver meu conhecimento sobre a língua de outra forma, para além da gramática. Mas antes eu não teria sobrevivido sem o que aprendi no cursinho." 

Quando perguntei sobre qual seria o diferencial do Camila Revisa para o conteúdo de outra pessoa também voltada a ensinar língua portuguesa na internet, ela respondeu: "Antes mesmo de criar o perfil, eu já tinha o nome "português para escritoras". Eu acredito que entender a língua para escrever melhor, principalmente para escrever literatura, vai muito além de saber diferenciar "mais" e mas". Como a maioria do conteúdo da internet ainda é muito normativo, acredito que fugir dessa corrente seja um diferencial." 

PUBLICIDADE

Durante a nossa conversa, Camila também explicou que já tinha ideia de criar conteúdo voltado a escrita literária e, quando foi atrás de um nome, inicialmente seria um livro, não um perfil no Instagram. "Português para escritoras" foi o que mais resumiu o que ela queria e que o público feminino é o que mais consome o seu conteúdo, por isso prefere manter no feminino, mas o público masculino sempre será bem-vindo. 

A revisora tem como objetivo ajudar escritores a entenderem mais a língua para escreverem melhor. "Não no sentido de escrever sem erros, mas de escrever com confiança, sabendo que aquela vírgula está ali porque quer produzir tal efeito de sentido. Conhecimento também é poder quando se fala de língua." Completou. 

Antes de concluir a nossa entrevista, perguntei a ela o que gostaria de dizer para escritores que gostam de escrever, mas se frustram na hora de aplicar as regras gramaticais. Camila declarou: "Gostaria de lembrar que existem muitas falhas no nosso sistema de ensino para que a gente se cobre tanto por ter dificuldades. Tenha paciência no processo de aprendizado e lembre que até mesmo grandes escritores têm os seus livros revisados por diversos pares de olhos antes de chegar perfeitinho nas suas mãos. Se até eles precisam de ajuda, quem somos nós para sermos perfeitas?" Ela ainda terminou dizendo que é muito difícil resumir esse tema, por ser um conteúdo bastante expansivo, porém em seu perfil explora o assunto mais a fundo. 

Victoria Cabral
Redatora do Café com Net


Poste um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE